Bem vindo ao site da FESERP MG

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua Dona Mariana Evangelista 37/102, Poço Rico, JF/MG CEP: 36010-430

Filiados

São Lourenço


SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SÃO LOURENCO E REGIÃO (Sindpub)

RUA 15 DE NOVEMBRO, 199, CENTRO

CEP: 37.470-000 – São Lourenço/MG

E-Mail: sindpub@bol.com.br

35  3331-8539

35  8806-1303

Diretoria

LUIZ CARLOS BATISTA – Presidente

CLARA AUGUSTA GUIMARAES PEREIRA – Tesoureiro

ANA MARIA DOS SANTOS – Membro do Conselho Fiscal

CARLOS HENRIQUE BUENO DE OLIVEIRA – Membro do Conselho Fiscal

ROSE MARY JORGE CLEMENTINO – Membro do Conselho Fiscal

CAMILO DE LELIS SILVA – Vice-Presidente

———————————————————————-

06/10/2013

Memória viva da FESERP-MG I – “Fizemos a coisa certa”

São Lourenço(São Lourenço – MG) Anfitrião do histórico Encontro de São Lourenço, que definiu pela criação da FESERP–MG, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Lourenço, Luiz Carlos Batista, sempre teve a percepção do que estava para acontecer no município do Sul de Minas. “A nossa cidade ficou na história porque foi aqui, em agosto de 2009, que tudo começou. Em uma semana tivemos que arrumar tudo (convites, inclusive) para o Encontro que definiu a fundação. A expectativa otimista era pela presença de umas 30 pessoas, apareceu mais de 100 sindicatos e também o prefeito de São Lourenço, José Sacido Barcia Neto, e vereadores da região, num expressivo apoio sindical e político. Foi muito emocionante. Trabalhamos, discutimos, decidimos e fizemos a coisa certa”, relembrou.

A reunião, também chamada de “Encontro de Sindicatos ligados ao Serviço Público Municipal de Minas Gerais”, foi realizada nos dias 14 e 15 de agosto, e tinha – sob o lema pró-federação – como tema principal a “constituição de uma nova federação democrática de sindicatos de servidores”.

São Lourenço também foi pioneira em outro aspecto: foi o primeiro sindicato a colocar na fachada de sua sede (à Rua 15 de Novembro, 199, centro do município) a inscrição filiado à FESERP-MG. “Com muito orgulho”, afirma Luiz Carlos Batista.

20/08/2014

Plenária Regional do Sul de Minas começa em clima de nostalgia

SAMSUNG CAMERA PICTURES(São Lourenço – MG) – Exatamente cinco anos depois da reunião que definiu a criação da entidade, a FESERP-MG voltou a São Lourenço, no Sul de Minas, para a quarta Plenária Regional. “Neste mesmo lugar (Câmara Municipal) os companheiros se uniram para construir um sonho e daqui saiu a Carta de São Lourenço, a nossa certidão de nascimento. É uma grande emoção voltar às origens e saber que nada foi em vão”, disse o presidente da FESERP-MG Cosme Nogueira. Depois da nostalgia, compartilhada também pelos demais sindicalistas, cada um dos representantes das cidades presentes teve, democraticamente, tempo para informar a situação atual dos sindicatos e do funcionalismo. Estão prestigiando a Plenária FESERP-MG Sul de Minas, na manhã desta quarta-feira (20 de agosto), o Ouvidor Municipal e futuro secretário de Governo de  de São Lourenço Luiz Claudio de Carvalho (representando o prefeito José Neto), os vereadores de São Lourenço Luiz Claudio Siqueira e Waldinei Alves Ferreira e o vereador de Soledade de Minas Reinaldo dos Santos.

20/08/2014

Presença maciça da Região na Plenária FESERP-MG Sul de Minas

(São Lourenço – MG) – Praticamente todas as cidades da região ligadas à FESERP-MG (Cambuquira,  Caxambu,  Conceição do Rio Verde, Cruzília, Ijaci, Itajubá, Lavras, Nepomuceno,   São Lourenço, Soledade de Minas, Três Corações e  Varginha) estão presentes na Plenária FESERP-MG Sul de Minas, que está sendo realizada em São Lourenço nesta quarta-feira (20 de agosto). “O Sul de Minas sempre foi muito importante para a nossa Federação e essa presença maciça dos companheiros não é surpresa, pois todas as vezes que precisamos deles ou os convocamos eles disseram sim”, agradeceu o presidente da FESERP-MG Cosme Nogueira.

Na parte da manhã, a palestra, sobre “Assédio Moral” e “Processo Administrativo Disciplinar”, ficou a cargo do advogado  (foto) Daniel Camargo (que presta serviços jurídicos à FESERP-MG, principalmente na sede de Belo Horizonte, todas as terças-feiras). Para a parte da tarde está programada outra série de palestras, com o assessor jurídico da FESERP-MG Eldbrendo Monteiro, sobre “Direito Sindical”, “Organização Sindical” e “Registro Sindical e Legalização de Sindicatos Junto ao Ministério do Trabalho”.

21/08/2014

Amplo leque de assuntos marca Plenária FESERP-MG Sul de Minas

(São Lourenço – MG) – Além da presença bastante significativa de 12 cidades da região e do lançamento de instrumentos contra o assédio moral, outro aspecto marcou a Plenária FESERP-MG Sul de Minas, realizada nesta quarta-feira (20 de agosto) em São Lourenço: o amplo leque de assuntos discutidos na reunião. “Todas as Plenárias estão sendo bastante satisfatórias, com boa participação e interesse renovado, mas a do Sul de Minas superou as expectativas, que já eram boas, no quesito amplitude das discussões. Praticamente todos os assuntos de interesse dos servidores públicos foram colocados, de previdência a assédio moral, passando por questões políticas, administrativas e éticas no dia a dia dos sindicatos”, afirmou o presidente FESERP-MG Cosme Nogueira.

Na foto, da esquerda para a direita: os presidentes dos sindicatos de Três Corações (Lúcia Maria Felipe) e Nepomuceno (João Amaral), o diretor do Sindicato de Lavras (Antônio Marcos Moreira da Silva) e os presidentes dos sindicatos de Itajubá (Adilson José Soares), Caxambu (Júlio Tadeu de Souza), Cruzília (Luiz Claudio Ferreira Maciel) e Cambuquira (Claudia Helena Soares)

Veja no site www.feserpmg.com.br a galeria de fotos da Plenária

13/11/2015

FESERP-MG prestigia SIPAT em São Lourenço

(São Lourenço – MG) – O presidente, Cosme Nogueira, e o diretor financeiro, Airton Ribeiro, da FESERP-MG prestigiaram, na manhã desta sexta-feira (13 de novembro), a SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) de São Lourenço – um evento promovido pelo SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) da cidade, com apoio do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Lourenço, presidido por Luiz Carlos Batista. “Discussões dessa natureza são sempre bem-vindas e necessárias. A profissão é coisa séria e preserva-la juntamente com a saúde é fundamental”, ressaltou Cosme Nogueira, na abertura dos trabalhos do dia. “O convite nos foi feito e achamos importante participar, pois é um assunto de profundo interesse do trabalhador, e, portanto, do Sindicato”, completou Luiz Carlos Batista.

A palestra desta sexta-feira, sobre a relação dos trabalhadores com as drogas e seus efeitos (e como combater esse mal) ficou a cargo do psicoterapeuta Willes da Silva, de Varginha.

19/10/2018

Sindicato de São Lourenço investe em informação e novos filiados

Cambuquira são lourenço cruzilia 117(São Lourenço – MG) – Para enfrentar os atuais momentos de dificuldades pelos quais passam as entidades sindicais, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Lourenço (SINDPUB) está investindo em informação e na busca por novos filiados. “Estamos fazendo reuniões em vários setores da Prefeitura (nesta quinta-feira, por exemplo, estivemos no setor da Saúde) e intensificando as visitas às nossas cidades da base (um encontro em Jesuânia já está agendado). Nesta hora é preciso que estejamos todos coesos e fortalecidos”, afirmou o presidente do SINDPUB, Luiz Carlos Batista, durante conversa informal com o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, e os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF), Ivan Expedito Catarina e Agnaldo Jailson de Almeida, na tarde desta quinta-feira (18 de outubro).

Cosme Nogueira se colocou à disposição de Luiz Carlos Batista para acompanhá-lo nessas visitas às cidades-base. Além de Jesuânia e São Lourenço o SINDPUB engloba os servidores de outros 11 municípios da região: Alagoa, Bocaína de Minas, Carvalhos, Dom Viçoso, Itamonte, Olímpio Noronha, Passa Quatro, São Thomé das Letras, Seritinga, Serranos e Soledade de Minas.

09/11/2018

Para receber salários, servidores de São Lourenço paralisam atividades nesta segunda-feira

(São Lourenço – MG) – Nesta segunda-feira (12 de novembro) os servidores públicos municipais de São Lourenço paralisam suas atividades em protesto pela falta de pagamento – até agora eles só receberam R$ 750 e segundo a Administração Municipal não há previsão para a quitação do restante dos salários. “A greve é contra esse desrespeito, para demonstrar nossa insatisfação com os acontecimentos”, resumiu o presidente do Sindicato dos Servidores (SINDPUB), Luiz Carlos Batista (foto), que já promoveu várias reuniões com o funcionalismo sobre o movimento dessa segunda-feira e a “necessidade de protestar contra essa arbitrariedade da Prefeitura”.

Em Jesuânia (cidade base do SINDPUB), os professores fazem a paralisação nesta sexta-feira (09 de novembro). E o motivo é o mesmo: falta de pagamento e sem previsão.

???????????????????????

12/11/2018

Servidores de São Lourenço e Jesuânia fazem paralisação de advertência

(São Lourenço e Jesuânia – MG) – Servidores de São Lourenço e professores de Jesuânia (cidades da base do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Lourenço/ SINDPUB) iniciaram paralisações de advertência – os educadores (foto 3) desde sexta-feira (9 de novembro) e os funcionários (fotos 1 e 2) a partir desta segunda-feira (12 de novembro). “os trabalhadores estão dando um ultimato à Administração Municipal, pois estão sendo desrespeitados em seu direito básico principal, que é receber salários – Em São Lourenço, até agora eles só receberam R$ 750 e segundo a Administração Municipal não há previsão para a quitação do restante dos vencimentos”, informou o presidente do SINDPUB, Luiz Carlos Batista. A intenção dos trabalhadores é continuar o protesto até que as respectivas prefeituras tomem uma atitude e pague os salários.

são lourenço 12.11.18 2 são lourenço 12.11.18 1Jesuânia 12.11.18

 

29/01/2019

Servidores de Jesuânia estão há 12 anos sem reajuste salarial

(Jesuânia – MG) – Os servidores públicos municipais de Jesuânia estão há mais de doze anos, desde 2007 portanto, sem que seus salários sejam corrigidos (nem a correção obrigatória pela Constituição Federal). Cerca de 90% dos trabalhadores ganham salário mínimo e os cargos de chefia recebem, em média, R$ 1,1 mil – somente os cargos de nomeação pelo prefeito é que ganham acima disto. Essa realidade assustadora está sendo denunciada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Lourenço (SINDPUB). “Depois de muitas tentativas de negociar com a administração, o Sindicato foi recebido apenas uma vez , com promessas de se resolver o problema. Agora sequer respondem aos nossos ofícios. Nosso Departamento Jurídico está preparando um Mandado de Injunção, referente à correção monetária dos salários de 2019, de 7,55%”, informou o presidente do SINDPUB, Luiz Carlos Batista (foto). “Denunciaremos ao Ministério Público também essa questão dos ofícios não respondidos, pois isso fere a Lei 12.527/2011, a de acesso a informações públicas, que está em vigor no país”, completou.

“Mesmo diante de salários tão baixos e de todas as dificuldades, os servidores ainda mantêm todos os serviços do município em dia, com total dedicação e responsabilidade com a população. Porém, a situação está insustentável. Ninguém vive decentemente com esses salários. Os servidores estão passando por dificuldades há muito tempo e chegamos ao limite. Não podemos continuar desta forma. Confiamos na Justiça”, afirmou Luiz Carlos Batista.

 

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.