Bem vindo ao site da FESERP MG

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua Dona Mariana Evangelista 37/102, Poço Rico, JF/MG CEP: 36010-430

Filiados

Itabirito


SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE ITABIRITO MG (SINDSEMI)

Avenida Capitão Antônio Marques, 257, Vila Gonçalo

CEP: 35.450-000 – Itabirito/MG

E-Mail: sindsemi@yahoo.com.br

(31) 3561-2630

(31)  9771-6220

Diretoria

ROBERTO JOSE CESARIO – Presidente

MARIA APARECIDA PARANHOS – Tesoureiro

ANTONIO DE PADUA PATARO DUTRA JUNIOR – Diretor

FERNANDO FARIA AREDES – Membro do Conselho Fiscal

JOSE ROBERTO SANTANA – Membro do Conselho Fiscal

JUAREZ ANTONIO BORGES – Membro do Conselho Fiscal

ANGELA MARIA BRAGA – Secretário Geral

ANTONIO EVANGELISTA DE OLIVEIRA – Suplente de Diretoria

SOLANGE MARIA DE SOUZA CRUZ – Vice-Presidente

01/03/2014

Guarda Municipal em greve, em Itabirito

(Itabirito – MG) – A Guarda Municipal de Itabirito está, desde as 18h desta sexta-feira (28 de fevereiro) em greve, por conta única e exclusivamente da intransigência da prefeitura. “Desde que a Corporação foi criada, há dez anos, que o Plano de Carreira e Salários dos trabalhadores não sai do papel. E além de não conceder esse direito, o prefeito (Alex Salvador de Oliveira) age de forma arbitrária, com ameaças”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário (foto). “Com essa atitude, de carrasco, o prefeito está causando um grande retrocesso na Guarda de Itabirito, pois dos 34 integrantes iniciais hoje apenas 15 permanecem na corporação”, completou Roberto Cesário. A FESERP-MG, através do assessor jurídico Eldbrendo Monteiro, se fez presente na Assembleia de sexta-feira, pela manhã, que definiu pela greve e vai continuar acompanhando atentamente a situação. “Exigimos, em primeiro lugar, respeito aos servidores. Depois vamos tentar abrir um canal de diálogo com a Prefeitura e, independente disso, o apoio da Federação está garantido ao Sindicato e aos integrantes da Guarda Municipal”, pontuou o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira.

11/12/2014

Presidente do Sindicato de Itabirito é demitido, em mais um ato arbitrário do prefeito da cidade

(Itabirito – MG) – Depois de trabalhar por 16 anos na Prefeitura (desde 1998, portanto), como motorista, o atual presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário (foto) foi demitido, em mais um ato arbitrário e inconseqüente do prefeito Alex Salvador de Oliveira. “Ele age como um ditador, passa por cima das leis e costuma fazer ameaças (como na recente greve da Guarda Municipal). É como se o prefeito da nossa cidade vivesse ainda no século XV ou esteja com saudades de um tempo que, felizmente, já passou”, afirmou o sindicalista que, com o apoio do Departamento Jurídico da FESERP-MG, está buscando na Justiça a reparação desse ato ilegal do chefe do Executivo. Além de lamentável, ultrapassado e irregular (um dirigente sindical está protegido pela Lei até mesmo de um processo administrativo) a ação do prefeito se torna mais grave por conta da reincidência. “Independente de questões pessoais, ele deixa claro que não reconhece o sindicato e não perde uma oportunidade de atacar quem possa representar os servidores públicos municipais”, ressaltou Roberto José Cesário.

17/05/2016

Itabirito faz Assembleia nesta terça-feira em clima de revolta contra falta de diálogo da prefeitura

(Itabirito – MG) – Em clima de revolta e indignação com a falta de diálogo da Prefeitura, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), realiza, nesta terça-feira (17 de maio), uma Assembleia Extraordinária, às 19h. Os trabalhadores estão em campanha salarial e reivindicam, entre outras coisas, uma reposição nos salários de 15% e o aumento no ticket-alimentação, de R$ 150 para R$ 400. “Nossa perda acumulada é até maior e o reajuste no vale, além de justo, será condizente com o aplicado em cidades da região”, explica o presidente do SINDSEMI, Roberto José Cesário. “E acima disso está o fato de que a Administração Municipal não nos recebe, após várias tentativas nesse sentido”, completa o sindicalista.

Na noite desta segunda-feira (16 de maio), os servidores, coordenados pelo SINDSEMI, ocuparam as dependências da Câmara Municipal, durante a sessão, e depois fizeram uma manifestação nos arredores do prédio (fotos). “Todas as nossas demandas foram colocadas. O servidor está cansado de ser desrespeitado. Na Assembleia dessa terça-feira a tendência é a tomada de alguma atitude contra esse estado de coisas”, diz Roberto Cesário.

18/05/2016

Em assembleia, servidores de Itabirito decidem por paralisação na terça-feira

(Itabirito – MG) – Reunidos em assembleia na noite desta terça-feira (17 de maio), os servidores de Itabirito decidiram por uma paralisação nas atividades, na próxima terça-feira (24 de maio), das 7h às 16h. “Será apenas um primeiro passo na nossa luta. Queremos melhorias, uma reposição nos salários de 15% e o aumento no ticket-alimentação, de R$ 150 para R$ 400, entre outras coisas, e queremos respeito e diálogo”, disse o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário.

Na assembleia, nas suas reivindicações e na luta, o SINDSEMI e os servidores de Itabirito tiveram, tem e terão o apoio da FESERP-MG (ontem através do assessor jurídico Eldbrendo Pereira Monteiro, presente na reunião), da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) e da CSPB (Confederação dos Servidores Públicos do Brasil).

24/05/2016

Servidores de Itabirito paralisam as atividades

Itabirito 24.05 11

(Itabirito – MG) – “Sem temer perseguição” – como está nos cartazes e nos discursos –, com instrumentos musicais, nariz de palhaço e muita disposição os servidores públicos municipais de Itabirito paralisaram suas atividades nesta terça-feira (24 de maio), desde às 7h, em protesto contra a falta de diálogo por parte da administração municipal e por, entre outras demandas, um reajuste salarial de 15% e um aumento no ticket-alimentação, de R$ 150 para R$ 400. “Vivemos um tempo sombrio em Itabirito. O prefeito não respeita o trabalhador e nem a autonomia sindical. Queremos e exigimos a valorização dos servidores”, disse o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário. “São pessoas de muita coragem e determinação. Os educadores aderiram em peso à paralisação e vários outros setores estão presentes em número muito significativo. Eles vão vencer essa batalha”, previu o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, em frente à Prefeitura, onde os trabalhadores protestaram na manhã desta terça-feira. À tarde, mais manifestações e distribuição de panfletos.

E os servidores de Itabirito não estão sozinhos. Além da FESERP-MG (presente também com o assessor jurídico Eldbrendo Monteiro) eles tem o apoio da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) e CSPB (Confederação dos Servidores Públicos do Brasil) sem contar que estão na cidade representantes dos sindicatos dos servidores públicos de Nova Serrana (diretoras Jéssica Teodoro e Gelcira Vieira), Ouro Preto (presidente Maria Aparecida Peixoto e vice-presidente Silvânia Elenir dos Santos Assis), Ribeirão das Neves (tesoureira Maria Helena Fonseca) e Teófilo Otoni (presidente José Antônio Esteves Guedes e diretor Mafran Colares).

Veja em breve aqui no site da Federação uma galeria de fotos da paralisação em Itabirito

20/06/2016

Servidores de Itabirito protestam contra morosidade da Prefeitura

Itabiriro 16.06 1

(Itabirito – MG) – Os servidores públicos municipais voltaram às ruas na última quinta-feira (16 de junho). A paralisação, de 24 horas, foi em protesto contra a morosidade da Prefeitura em responder as propostas apresentadas pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI). Além da agilidade da Administração Municipal, os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 15% e um aumento no ticket-alimentação, de R$ 150 para R$ 400.

17/10/2016

Atual diretoria do Sindicato de Itabirito é reeleita

Itabirito eleições 8

(Itabirito – MG) – Com 93,5% dos votos de quem compareceu às urnas, nesta segunda-feira (17 de outubro), a atual diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI) foi reeleita para mais um mandato, de cinco anos. “Nossas prioridades para esse novo período são tentar um diálogo com o prefeito eleito, buscar benefícios para os servidores e o aumento de salários, adquirir uma sede própria, reivindicar junto à Prefeitura a convocação dos que passaram em concurso público e promover alguns encontros de confraternização”, enumera o presidente reeleito, Roberto José Cesário. A Diretoria eleita para o mandato outubro/2016 – outubro/2021: Presidente: Roberto Cesário Vice-presidente: Solange Cruz Secretária geral: Ângela Maria Braga Santos. Tesoureira: Aparecida Paranhos Diretor: Lucimar Aparecida Suplente da Diretoria: Sebastião Clarete Conselho Fiscal: Antonio de Oliveira, José Roberto Santana, Silvana de Almeida Protti.

17/03/2017

Itabirito marca manifestação de protesto para quinta-feira

 Itabirito 17.3.17 2

(Itabirito – MG) – Reunidos em Assembleia na última quarta-feira (15 de março – fotos), os servidores de Itabirito decidiram fazer uma manifestação de protesto na próxima quinta-feira (23 de março), depois de várias tentativas de se reunir com a Administração Municipal. Os manifestantes sairão às 10h da Praça da Estação em direção à Praça Primeiro de Maio, reivindicando: revisão anual dos vencimentos, reajuste salarial, aumento no cartão-alimentação, de R$ 100 para R$ 400, e o retorno do vale-transporte intermunicipal, cortado há cerca de dois anos – entre outras demandas. “O Sindicato é favorável ao diálogo, para sanar as controvérsias e buscar as soluções, mas a Prefeitura não pensa assim, e vamos usar todos os nossos instrumentos, a greve inclusive, para fazer valer o direito dos servidores”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário.

24/03/2017

Servidores de Itabirito protestam por revisão salarial e contra a Reforma da Previdência

.  Itabirito 23.3.17 1

(Itabirito – MG) – Os servidores públicos municipais de Itabirito, coordenados pelo sindicato da categoria, fizeram uma grande manifestação nesta quinta-feira (23 de março) pelas ruas da cidade. Nos cartazes, nos discursos e nas palavras de ordem as reivindicações do funcionalismo (revisão anual dos vencimentos, reajuste salarial, aumento no cartão-alimentação, de R$ 100 para R$ 400, e o retorno do vale-transporte intermunicipal, cortado há cerca de dois anos – entre outras demandas) e o repúdio à PEC 287, que trata da Reforma da Previdência. “Não estamos tendo diálogo com a Administração Municipal e o caminho para ser ouvido é esse. Temos que fazer valer os nossos direitos”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário.

Sindicato da FESERP-MG esclarece servidores sobre a Reforma da Previdência

Itabirito 24.4.17

(Itabirito  – MG) – Sindicatos ligados à FESERP-MG continuando esclarecendo seus filiados e a população em geral sobre os danos da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 287, que trata da Reforma da Previdência. No último dia 12, o advogado da Federação, Carlos Eduardo Gonçalves, especialista em Direito Previdenciário, esteve em Itabirito para um palestra sobre o tema. O evento, no Salão Paroquial da Igreja Boa Viagem (foto), foi promovido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), presidido por Roberto José Cesário, em parceria com outros quatro sindicatos locais: dos Comerciais, Metalúrgicos, Rodoviários e dos Tecelões.

06/06/2017

TJ obriga prefeito de Itabirito a chamar concursados e Sindicato denuncia “farra” de comissionados

(Itabirito – MG) – Uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais obrigou o prefeito de Itabirito, Alex Salvador (PSD), a chamar os cidadãos aprovados em concurso público para trabalhar na Prefeitura Municipal. Ele tem até o próximo dia 12 de junho para isso, sob pena de afastamento das funções. A decisão judicial foi comemorada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), que aproveitou a oportunidade para denunciar a “farra” de contratações de cargos comissionados. “Só em 2017 foram chamados 110 novos comissionados, gerando uma receita para a Administração de R$ 438 mil mensais. É muito incoerente e muita falta de respeito com os aprovados em concurso”, protestou o presidente do SINDSEMI, Roberto José Cesário (foto).
22/06/2017

TRE cassa prefeito de Itabirito, e Sindicato já negocia com futuro substituto

(Itabirito – MG) – O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) cassou os mandatos do prefeito e vice-prefeito de Itabirito, Alexander Silva Salvador de Oliveira e Wolney Pinto de Oliveira respectivamente, e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), além de comemorar a decisão, não perdeu tempo e já negocia com o futuro substituto, o presidente da Câmara Municipal José Maria Gonçalves Santos, os direitos negados ao funcionalismo pelo agora ex-prefeito. “A decisão do TRE é justa e tem que ser cumprida, e cabe a nós continuar com as nossas reivindicações, igualmente justas. Ontem mesmo (quarta-feira, 21 de junho) já mantive um contato extra-oficial com o vereador. Ele já estava de posse, como parlamentar, de um ofício do Sindicato e agora esperamos a resposta dele como futuro e interino chefe do Executivo”, contou o presidente do SINDSEMI, Roberto José Cesário (foto). Neste documento consta principalmente o pedido de revisão salarial anual, como prevê a Lei.
A Chapa Alexander/Wolney foi cassada por “abuso do
poder de autoridade”, face a inúmeras irregularidades ocorridas no processo eleitoral de 2016, conforme sentença do juiz Antônio Francisco Gonçalves, expedida nesta quarta-feira (21 de junho) e publicada na edição desta quinta-feira (22 de junho) do Diário da Justiça Eletrônico do TRE. “Eles estão inelegíveis por oito anos, podem recorrer, mas não mais sentados na cadeira de prefeito e vice-prefeito. E ainda há outros processos contra a chapa, que pode aumentar ainda mais a punição”, comentou Roberto Cesário.

06/03/2018

Servidores de Itabirito protestam na Câmara contra ofensas de vereador e reivindicam reajuste salarial

Itabirito 5.3.18

(Itabirito – MG) – A reunião da Câmara de Vereadores de Itabirito ontem (segunda-feira, 5 de março) foi marcada pela presença dos servidores públicos municipais, que, convocados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), lotaram a área de galeria com o objetivo de protestar contra o discurso feito na semana passada pelo vereador Renê Butekus (PSDB). Segundo ele, há meia dúzia de “servidores efetivos bandidos” que estariam juntos com o sindicato fazendo oposição ao prefeito Alex Salvador (PSD).

Em protesto, dinheiro falso foi jogado no plenário quando Renê Butekus começou seu discurso. A maioria do expressivo número de servidores estava de roupas pretas. Faixas foram colocadas nos vidros do parapeito da galeria repudiando também uma fala do prefeito Alex Salvador, que chamou alguns concursados de “picaretas” em entrevista a uma emissora de rádio da cidade, bem como contra a fala de Renê. Outra faixa lembrava a legitimidade do reajuste reivindicado pelo servidor – há cinco anos a maioria dos servidores públicos municipais está com os salários congelados.

Os servidores tiveram apoio de vários vereadores. “É legítima a reivindicação do funcionalismo”, disse Ricardo Oliveira (PPS), que nas últimas reuniões tem defendido a categoria e lembrou que em Ouro Preto (MG) – cidade vizinha – o “vale cesta” é de R$ 500, sendo que em Itabirito é de R$ 100. “Os funcionários são concursados e foram aprovados por mérito. Merecem, no mínimo, respeito”, continuou Léo do Social (PHS). “Não sou picareta e não sou bandida”, completou Rose da Saúde (PSDC), funcionária concursada da Prefeitura.

No fim, duas propostas: Arnaldo Pereira (MDB) quer a criação de uma comissão, com a participação do Legislativo, para discutir a situação do reajuste com a Prefeitura, e Edson Gonçalves (PRB) – único vereador da base do prefeito aplaudido pelos servidores – se propôs a, como advogado, ajudar a encontrar uma solução jurídica para o impasse.

Fonte (inclusive foto): Site “Minuto Mais”

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.