Bem vindo ao site da FESERP Minas

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

Dia do Professor: uma história de luta pela valorização da profissão

Comemorado anualmente no dia 15 de outubro, o Dia do Professor foi criado no Brasil a partir de uma Lei de 1827, assinada por Dom Pedro I, a qual estabelecia que em todas as cidades do país seriam construídas escolas primárias de ensino elementar. Na época, elas eram chamadas de “Escolas de Primeiras Letras”. 

A Feserp Minas marca o Dia do Professor como exaltação a toda categoria.

Mas foi somente em 1947 que a comemoração de fato começou, com a formação da Comissão Pró-oficialização do Dia do Professor, transformando o projeto na Lei Estadual nº 174. Depois disso, a primeira celebração foi promovida pelo educador Salomão Becker, conhecido pelas frases “Professor é profissão, educador é vocação”  e  “em Educação, não avançar já é retroceder”.

Mais tarde, no governo de João Goulart, o Dia do Professor no Brasil foi oficializado e declarado como feriado escolar pelo Decreto Federal nº 52.682.

 

Movimentos, lutas e valorização salarial dos docentes

Desde o Brasil Imperial, as manifestações dos professores pelo reconhecimento dos direitos da profissão acontecem. Um exemplo relevante é o Manifesto dos Professores Públicos da Instrução Primária da Corte de 1871, no Rio de Janeiro, que foi publicado com o objetivo de explicitar criticamente para a sociedade como os professores eram tratados pelos poderes do Estado, e entre seus debates estava a questão salarial.

Desde então, durante toda a história do país, a classe tem se levantado em momentos de acentuação da precarização dos recursos para os serviços de educação. E essa situação está presente até os dias atuais, mesmo apesar dos diversos avanços e conquistas desses trabalhadores ao longo dos anos.

Segundo o relatório da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), de 2019, o Brasil é o país que tem o pior piso salarial entre outros 40 países pelo mundo. O salário real médio das professoras e professores brasileiros no ensino fundamental é 25.739 dólares. Na média mundial analisada pelo estudo da OCDE, o salário real, na mesma etapa de ensino, é 45.687 dólares.

Mesmo com todas as dificuldades, esses profissionais sempre foram comprometidos com a educação de qualidade, a inclusão e a construção de um futuro melhor. Por isso, todos os anos, eles merecem essa homenagem.

Às professoras e professores do Brasil, mestres especiais de todas as etapas da vida, um feliz Dia do Professor!

 

Por Camila Banhatto, da Sindicatos Online – SON. Com informações de Toda Matéria e Pensar a Educação.

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.