Bem vindo ao site da FESMIG

E-mail:

atendimento@fesmig.com.br

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

Presidente da Feserp Minas participa do Seminário do Marco Regulatório promovido pela CSPB

Cosme Nogueira, presidente da Feserp Minas, marcou presença no 1º dia do Seminário de Organização 2023 – Marco Regulatório das Relações de Trabalho no Setor Público, promovido pela Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB. O líder da Feserp Minas esteve junto de autoridades, especialistas e outras lideranças sindicais compartilhando conhecimentos em torno da regulamentação das relações de trabalho no serviço público, que deve estar no centro do debate político nacional. Esse é o principal objetivo do seminário.

O primeiro dia de Seminário teve como objetivo subsidiar lideranças sindicais – de Norte ao Sul do país – com valiosas orientações de especialistas no tema para assegurar a legalidade e a viabilidade política do projeto prioritário das categorias do setor público. A CSPB compreende emergência de instituir o Marco Regulatório das Relações de Trabalho no Setor Público como meio de assegurar soberania do serviço público brasileiro, protegendo-o de eventuais ataques de governos de ocasião. O conhecimento compartilhado dará base para que 8 distintos Grupos de Trabalho (GT’s), possam aprimorar o texto base do projeto apreciando e debatendo os seguintes eixos temáticos:1 – Representação coletiva no Setor Público

a) Conceito de categoria
b) Fiscalização da unicidade sindical
c) Conselho de Enquadramento Sindical
d) Papel das entidades de grau superior

2 – Prerrogativas do dirigente sindical

a) Estabilidade sindical
b) Licença sindical

3 – Prerrogativas das entidades sindicais

a) O papel das associações e das entidades sindicais
b) Negociação coletiva
c) Competência da Justiça em caso de judicialização dos conflitos

4 – Financiamento sindical

a) Formas alternativas de custeio

5 – Direito de greve

a) Parâmetros aplicáveis para o exercício do direito de greve
b) Fundo de greve
c) Proteção ao trabalhador do serviço público em casos de greve

6 – Práticas antisindicais

a) Práticas antisindicais no setor público
b) Punição para práticas antisindicais

7 – Saúde e Segurança no Trabalho

a) Saúde mental dos trabalhadores no serviço público
b) Saúde física dos trabalhadores submetidos a condições especiais
c) Ratificação da Convenção 190 da OIT

8 – Desenvolvimento, qualificação e formação permanente dos servidores públicos com criação de um sistema de formação nos moldes do sistema S

 

Trabalho será concluído nesta quinta (18)

Na quinta-feira (18/05), no segundo e último dia do evento, os Grupos de Trabalho (GT´s) apresentação das propostas desenvolvidas para o Marco Regulatório nas Relações Públicas de Trabalho no Setor Público – com 15 a 20 minutos para exposição oral e entrega de relatório com as propostas. Ao fim das apresentações será definida uma Comissão de Redação que ficará imbuída da tarefa de sintetizar as propostas apresentadas e incluí-las no texto do projeto.

“Esse debate nacional é absolutamente estratégico para legitimar nossa proposta que, se Deus quiser muito em breve, irá e instituir o Marco Regulatório nas Relações Públicas de Trabalho no Setor Público, uma vez que amplas representações sindicais brasileiras das três esferas (Federal, Estadual e Distrital) e dos três poderes constituídos (Executivo, Legislativo e Judiciário) estão sendo consultadas para a análise e aprimoramento do texto que será encaminhado ao Congresso Nacional, espero, em formato de Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Viemos por meio deste importante Seminário Nacional buscar esse lastro técnico e político que, na minha modesta avaliação, estamos cumprindo da maneira mais ampla e democrática junto às categorias que mais compreendem o funcionamento da máquina pública em nosso país: às dos servidores públicos brasileiros”, avalia João Domingos, presidente da CSPB.

 

Fonte: Secom/CSPB com Sindicatos Online

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.