Bem vindo ao site da FESMIG

E-mail:

atendimento@fesmig.com.br

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

Manhuaçu: SINTRAM explica a função do monitor escolar

O SINTRAM tem uma filosofia quanto a Educação: SOMOS TODOS EDUCAÇÃO.
E neste universo, temos os motoristas, as serventes escolares, secretários e auxiliares, transporte de merendas, de alunos, monitores, professores, diretores, coordenadores, comunidade escolar, pedagogos, especialistas, os membros administrativos nas escolas e na secretarias, vigias… Sem um desses profissionais, a gestão fica incompleta. Este corpo educacional deve eser valorizado por todos nós.
A escola é construída diariamente por diferentes atores que são agentes de transformação na vida dos alunos. O monitor escolar é uma das peças fundamentais na jornada educacional, estando presente e acompanhando cada aluno durante a sua trajetória.
Eles conhecem como ninguém a escola e os alunos. E você, conhece realmente os seus monitores e sabe quais são as suas capacidades?
O papel do monitor escolar
Apesar de ser comum associar o monitor escolar com fiscais que transitam pela escola para garantir a sua segurança, eles devem ser vistos como educadores com funções extremamente importantes, assim como professores, coordenadores e diretor. Confira algumas das suas principais atribuições:
Conhecer os alunos
O monitor escolar convive com os alunos fora da sala de aula e entende o seu comportamento social. Eles conhecem os costumes de cada um, quais grupos convivem juntos, interesses, atividades favoritas e quais são os conflitos recorrentes.
Uma das suas maiores qualidades deve ser dialogar e conviver com diferentes tipos de personalidades, respeitando e observando. A relação de confiança entre alunos e monitores é uma das mais importantes da escola e garante a boa convivência e segurança.
Os gestores educacionais podem usar o conhecimento do monitor para traçar uma análise de convivência dos alunos e criar estratégias de socialização. Esse direcionamento pode melhorar o aprendizado em sala de aula e ajudar na construção de laços afetivos entre alunos, família e escola.
Solução de conflitos
Por conhecerem tão bem os alunos, os monitores resolvem mais rapidamente os conflitos e desentendimentos do dia a dia, auxiliando escola e responsáveis a entenderem quais são as maiores necessidades e dificuldades cotidianas.
Em uma situação de emergência, eles devem estar atentos para dar o suporte necessário a todos e sempre ter como objetivo o bem estar do aluno.
O monitor escolar é o canal ideal para entender as necessidades do aluno, já que se relaciona com ele em ambientes mais informais, fora da sala de aula, e que transmitem confiança. Dessa maneira, eles podem auxiliar na comunicação entre escola e família, trazendo informações necessárias para que todos estejam caminhando na mesma direção.
O monitor escolar tem papel fundamental na adaptação de novos alunos e na transição dos que estão iniciando uma série com mais desafios. Por estarem presentes em todos os espaços da escola, dos pátios até as quadras poliesportivas, piscinas e secretarias, eles são os mais indicados a guiar e orientar.
Monitores também são uma peça chave para auxiliar aqueles que têm dificuldades sociais ou de aprendizado a compreender suas limitações e encontrar soluções de engajamento, com apoio dos orientadores pedagógicos.
O que não pode e não se deve é transferir ao monitor o processo pedagógico, sem qualquer reconhecimento, utilizá-lo para substituir o professor e pagá-lo com salario mínimo, visando economia para os cofres públicos com um sacrifício sobre-humano ao monitor, como colocá-lo a trabalhar além de sua carga horária sem pagar no mínimo horas extras.
O monitor não se exime de fazer plano ou outros trabalhos pedagógicos, porém, não pela atribuição do cargo e salário que recebem hoje.
Fonte: SINTRAM

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.