Bem vindo ao site da FESERP Minas

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

Breve Retrospectiva de 2017 VI – Junho: Greve Geral, enfrentamentos e conquistas

O mês de junho de 2017 terminou, no dia 30, com uma grande greve geral.

Antes disso, no entanto, os sindicatos filiados à FESERP-MG foram à luta, em enfrentamentos “domésticos”, e também conseguiram grandes vitórias.

Logo no dia primeiro, os servidores de Juiz de Fora, em Assembleia convocada pelo SINSERPU-JF, rejeitaram (foto 1) a proposta de reajuste salarial da Administração Municipal.

No dia 6, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itabirito (SINDSEMI), Roberto José Cesário (foto 2), denunciou a “farra” de contratações de cargos comissionados pelo prefeito da cidade, logo após o Tribunal de Justiça de Minas Gerais obrigar o Chefe do Executivo a chamar os cidadãos aprovados em concurso público para trabalhar na Prefeitura Municipal. No dia 21, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) cassou os mandatos do prefeito e vice-prefeito de Itabirito, Alexander Silva Salvador de Oliveira e Wolney Pinto de Oliveira respectivamente – e Roberto Cesário, além de comemorar a decisão, não perdeu tempo e começou a negociar com o futuro substituto, o presidente da Câmara Municipal José Maria Gonçalves Santos, os direitos negados ao funcionalismo.

No dia 7, os servidores de Lavras, convocados pelo Sindicato (SISPMUL), presidido por Euisles “Willian” Rodrigues da Silva, foram às ruas (foto 3) para divulgar suas reivindicações. Entre elas um reajuste salarial (que não acontece há cinco anos), aumento do ticket alimentação, descongelamento das progressões e promoções, aposentadoria com todos os direitos e a reposição do salário cortado na paralisação do dia 28 de maio.

Em Gurinhatã, também no dia 7, com a presença do presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira (foto 4), uma reunião da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Gurinhatã (SINTRASPG), encabeçada pelo presidente José Batista Xavier, tratou dos encaminhamentos para o Plano de Cargos e Salários dos servidores e a elaboração de um estatuto do funcionalismo local.

Em Campina Verde, o presidente Jeová “Baianinho” da Silva Andrade conseguiu um terreno para a construção de uma sede própria para o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Campina Verde (SISPM) – na foto 5, Baianinho e o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, no local da futura sede.

Em Canápolis, no dia 8, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais Eder Barcelos do Nascimento (na foto 6 com o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, e a assessora especial da Federação para a Região Alessandra Ramos Braga) anunciou uma campanha de filiação em massa.

Em Ipanema, no dia 12, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipanema e Região Leste (SINSEPI) entrou com duas ações na Justiça referentes a direitos dos servidores de Taparuba – município próximo a Ipanema e da base do SINSEPI. Paralelamente o presidente do SINSEPI, Erlon José de Carvalho, concluiu a ampliação da sede da entidade (foto 7).

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Manhuaçu (SINTRAM) também estreou um novo endereço, visitado por Cosme Nogueira no dia 23 (foto 8). Na Rua Erondino Xavier, 14, centro, às margens da BR-262, com boa acessibilidade, terraço para realização de reuniões e assembleias e estacionamento.

Em Teófilo Otoni, no dia 21, o prefeito Daniel Sucupira (PT), atendendo a reivindicação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDISETO) e cumprindo uma promessa de campanha, efetivou 66 servidores que foram aprovados no último concurso. O presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, esteve presente no anúncio da medida (foto 9). Ao mesmo tempo, o SINDISETO assinou um acordo com a Prefeitura que garante o pagamento de adicional de insalubridade a quem de direito.

A greve geral do dia 30, em Juiz de Fora (fotos 10 a 15) foi, primeiramente, pelo “Fora Temer”, contra o presidente chefe de um Governo Federal que vem insistindo em fazer reformas (a Trabalhista e a da Previdência) que vão prejudicar enormemente a população brasileira. Mas a indignação ficou maior ainda quando, no meio da passeata pelas ruas da cidade, chegou a notícia da “absolvição” de Aécio Neves, ou seja, o seu retorno à função de senador, por ordem do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello. O clima, que já era de revolta com tudo que vem acontecendo no país, com todo o mar de lama do noticiário político, ficou ainda mais pesado, com as críticas sendo direcionadas também ao Poder Judiciário. (Veja outros registros da Greve Geral de junho na Galeria de Fotos do site da Federação: feserpmg.com.br)

Em junho, a FESERP-MG esteve presente ainda em outras frentes de luta: entre os dias 9 e 11 participou, ao lado de diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (foto 16), do 3° Encontro Nacional de Sindicalistas do MNU (Movimento Negro Unificado), realizado no Rio de Janeiro; e a partir do dia 12, a FESERP-MG passou a integrar oficialmente, ao lado da CSB, a Frente Mineira Popular em Defesa da Previdência.

retros junho 2017 Juiz de Fora foto 1retros junho 2017 itabirito foto 2retros junho 2017 Lavrasretros junho 2017 Gurinhatãretros junho 2017 Campina Verderetros junho 2017 Canápolisretros junho 2017 Ipanemaretros junho 2017 Manhuaçuretros junho 2017 Teófilo Otoniretros junho 2017 greve geral retros junho 2017 greve geral 0 retros junho 2017 greve geral 3retros junho 2017 greve geral 4 retros junho 2017 greve geral 1 retros junho 2017 greve geral 2retros junho 2017 MNUretros junho 2017 Frente

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.