Bem vindo ao site da FESERP Minas

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

Breve Retrospectiva de 2017 V – Maio: A Marcha sobre Brasília e o Fora Temer

Em maio, no dia 24, uma grande delegação da FESERP-MG marcou presença no histórico dia do “Ocupa Brasília”, quando uma multidão de trabalhadores do Brasil inteiro esteve na capital federal para protestar contra as reformas empreendidas pelo governo de Michel Temer, a Trabalhista e a da Previdência – os manifestantes pediram também, com muita força, a saída do presidente e a convocação de eleições já. O Governo Federal reprimiu duramente o ato, mas não diminuiu a intensidade da indignação com o estado atual da política e da administração federal (fotos 1 a 4) – veja mais registros desse dia histórico na Galeria de Fotos do site da Federação (feserpmg.com.br)

Participaram 44 sindicalistas, representantes dos sindicatos dos servidores públicos municipais de Águas Formosas, Belmiro Braga, Bertópolis, Carandaí, Governador Valadares, Ijaci, Itabirito, Juiz de Fora, Lavras, Matias Barbosa, Nova Rezende, Nova Serrana, Novo Oriente de Minas, Santa Helena de Minas, São Lourenço, São Sebastião do Paraíso e Teófilo Otoni.

 

A Marcha foi convocada pelas centrais sindicais, entre elas a CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) – entidade da qual a FESERP-MG é filiada.

Antes da Marcha no dia 17, o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, participou de uma reunião entre sindicalistas e alguns senadores (foto 5). Eles pediram aos parlamentares que não votassem a Reforma Trabalhista, já aprovada na Câmara.

No campo político nacional, diante da revelação de que o presidente da República Michel Temer (PMDB) foi gravado dando aval para a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha/PMDB (de acordo com a delação do dono da JBS, Joesley Batista) A FESERP-MG defendeu a imediata renúncia do presidente e a realização de eleições diretas para o cargo (banner 1).

Ato contínuo, a FESERP-MG participou de várias manifestações nesse sentido, como no Rio de Janeiro, no dia 18 (foto 6) e em Juiz de Fora, no dia 21 (foto 7).

Também em maio, os servidores de Itabira fizeram greve contra a “proposta” da administração de “reajuste” zero nos salários (na foto 8, funcionários da ITAURB, o departamento de limpeza urbana da cidade na garagem)

retros maio 2017 marcha 4retros maio 2017 marcha 1retros maio 2017 marcha 2retros maio 2017 marcha 3retros maio 2017 Brasília dia 17retros maio 2017 bannerretros maio 2017 fora temer rioretros maio 2017 fora temer JFretros maio 2017 Itabira

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.