Bem vindo ao site da FESERP Minas

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

Nova reunião, em Juiz de Fora, discute situação dos servidores impedidos de se aposentar

reunião 30 de junho

(Juiz de Fora – MG) – A questão previdenciária de 66 servidores do DEMLURB (Departamento de Limpeza Urbana de Juiz de Fora) foi novamente debatida e questionada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF), com o apoio da FESERP-MG. A reunião aconteceu nesta terça-feira (30 de junho), no gabinete da Secretaria de Administração e Recursos Humanos (SARH) da Prefeitura de Juiz de Fora, Andréia Andréia Goreske. Além dela, participaram o Procurador-geral do município Leonardo Guedes de Carvalho, o subsecretário de Pessoas da SARH, Alexei Von Randow Xavier,  o presidente do SINSERPU-JF Amarildo Romanazzi, a procuradora jurídica do Sindicato, Elisângela Márcia do Nascimento e o presidente da FESERP-MG Cosme Nogueira, além de uma comissão formada por cinco dos servidores prejudicados. Amarildo Romanazzi fez críticas pela demora e morosidade que a administração municipal vem demonstrando com esta situação, e Cosme Nogueira ressaltou na mesa a gravidade do fato e solicitou dos representantes da Prefeitura um empenho e um esforço para que tudo seja resolvido, pois os trabalhadores estão sob um grau de vulnerabilidade assustador. A advogada Elisângela Nascimento, por sua vez, apresentou a proposta de migração dos servidores, que hoje estão no regime próprio de previdência para o regime geral do INSS. Segundo ela, é a única saída com segurança para os trabalhadores. O procurador do município afirmou que realmente a migração pode ser uma saída, mas pediu tempo para um aprofundamento e estudo da proposta. De acordo com a secretária Andréia Goreske, há uma orientação do prefeito Bruno Siqueira para priorizar esta demanda. Porém disse que dependerá de uma interface com outros órgãos. O DEMLURB ficará responsável por realizar um levantamento sobre a situação de cada servidor e entregar este relatório o mais rápido possível – compromisso assumido pelo diretor administrativo do órgão, Marcel Fernandes Lima, também presente na reunião. O representante da Comissão dos Trabalhadores, Geraldo Carminate se incumbiu de acompanhar o levantamento e o presidente do SINSERPU-JF Amarildo Romanazzi fez questão de salientar a sua preocupação e mais uma vez cobrou agilidade do Executivo. O presidente da FESERP-MG argumentou que estará atento e vai acompanhar os trâmites e também cobrar da administração a prioridade que o fato exige.

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.