Bem vindo ao site da FESERP Minas

E-mail:

feserpjf@gmail.com

Visite-nos:

Rua São Sebastião, 780, Centro, Juiz de Fora/MG CEP: 36.015-410

Notícias

FESERP-MG em Brasília, contra projetos que tiram direitos dos trabalhadores

Cosme e Cristovan(Brasília – DF) – O presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira, está em Brasília, para contato com os senadores da República, no intuito de conseguir apoio para a derrubada da atividade fim do Projeto de Lei 4330 (o da Terceirização) e também no sentido de rejeitar as Medidas Provisórias 664 e 665, que retiram direitos dos trabalhadores – Na foto, com o senador Cristovam Buarque (PDT)

No final da tarde/ início da noite de ontem (terça-feira, 12 de maio) Cosme Nogueira e outros dirigentes da CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros (Flávio Werneck, vice-presidente da CSB e presidente do Sindipol-DF e Itamar Kunert, diretor de organização e relações sindicais e presidente do SINASA) se reuniram com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para pedir ao parlamentar apoio contra o retrocesso dos direitos trabalhistas. Eles expuseram ao senador a gravidade das MPs na vida de milhões de trabalhadores, especialmente os jovens e mais pobres. Calheiros se mostrou disposto a atuar pelos trabalhadores junto ao Congresso Nacional para evitar o corte de direitos.

A Medida Provisória 665, que modifica das regras do seguro-desemprego, seguro-defeso e abobo salarial, foi aprovada pelo Plenário da Câmara dos Deputados no dia 6 de maio e agora segue para o Senado. A MP foi aprovada por 252 votos a favor e 227 contra.

Está prevista para hoje (quarta-feira, 13 de maio), no Plenário da Câmara, a votação da MP 664, que estabelece regras nocivas aos trabalhadores para o recebimento da pensão por morte e auxílio-doença. A Medida foi aprovada no dia 5 pela Comissão Mista da Medida Provisória 664 do Senado.

Durante a audiência que aprovou o relatório da MP, dirigentes da CSB expuseram os cartazes/panfletos que a entidade produziu sobre as consequências das Medidas para os trabalhadores. Com o tema “Não ao retrocesso! Pela derrubada das MPs 664 e 665”, os sindicalistas manifestaram repúdio à aprovação da Medida Provisória 664 pela Comissão do Senado.

 

Conheça as vantagens de ser um afiliado. Junte-se a nós e aproveite.