Coragem, Determinação, Transparência

Artigos

01/03/2018

Mês de março simboliza a luta das mulheres

(Artigo de Cosme Nogueira, presidente da FESERP-MG)

Quando falamos em uma sociedade justa, falamos também na igualdade de direitos das mulheres, no reconhecimento e na valorização do seu papel dentro dessa sociedade. Se buscarmos na linha do tempo as atrocidades e injustiças que foram cometidas contra as mulheres desde o inicio da humanidade constataremos de fato o quanto a sociedade deve se desculpar e reparar os crimes e danos praticados contra elas.

No passado a mulher era vista como um objeto de serventia aos homens, para atender aos seus interesses, sejam eles de caráter afetivo, familiar ou econômico e em qualquer classe social: o desrespeito era praticado por ricos e pobres – e a elas nada era permito a não ser a submissão e o sofrimento.

Os primeiros movimentos feministas organizados começaram a mudar essa história e a reação repressiva foi cruel. Tanto que a data que simboliza a luta das mulheres, 8 de março, é uma homenagem às operárias de Nova York, as 130 mulheres cruelmente assassinadas dentro de uma fábrica têxtil.

É muito difícil aceitar que nos dias atuais milhares de mulheres da cidade e do campo, de todas as raças, pobres, ricas, operárias, executivas, intelectuais e artistas são violentadas, desrespeitadas e assassinadas, e continuam ainda sofrendo as maiores atrocidades e todo tipo de abuso pelo mundo afora. Tudo isso sob os olhares das organizações mundiais, dos setores mais conservadores da sociedade e até mesmo dos segmentos religiosos que muito se omitem no combate a essa violação de direitos.

Os avanços alcançados pelas mulheres nos últimos anos estão ainda longe da reparação devida e muito ainda tem que ser feito para alcançarmos a justa compensação. A começar pelo caminho da mudança da conscientização, de uma grande parcela da sociedade, de que não é apenas em março que se faz a luta pelo espaço e pela igualdade de gênero, pois as mulheres não precisam de uma data para ser homenageadas. Elas precisam de fato é do reconhecimento das causas delas e de políticas governamentais que ponham fim à violência, aos abusos e à intolerância.

Que o mês de março seja sempre lembrado como um símbolo de luta e de resistência do movimento feminista no intuito de alcançar a igualdade e o respeito. E que o dia 8 de Março não seja apenas o dia mundial das mulheres receberem flores.

Cosme Nogueira

Presidente da FESERP-MG (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais de Minas Gerais), presidente da seccional mineira da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) e diretor da CSPB (Confederação dos Servidores Públicos do Brasil)

(Arte do banner: Peterson Gonçalves Ferreira)

Mês das mulheres banner

 

 

  • FESERP-MINAS
  • Avenida Brasil, 1975, loja 223 - Solar Center - Centro, Juiz de Fora (MG) CEP: 36060-070 - Avenida Bernardo Vasconcelos, 1252-A, Bairro Cachoeirinha, Belo Horizonte (MG) - CEP 31150-000
  • Telefones: (32) 3214-1316, (31) 3653-7484 e 3653-7499
  • Todos os direitos reservados à Federação Estadual Única, Democrática dos Sindicatos de Servidores, Funcionários Públicos das Câmaras de Vereadores, Fundações, Empresas Públicas, Autarquias e Prefeituras Municipais de Minas Gerais
  • Site desenvolvido pela Agência Infinit0